VIGILANTE PAUZUDO COM O NETO DA VIZINHA



Eu sou o Raul. Logo que cheguei a São Paulo eu fui morar na casa da minha irmã e meu cunhado, enquanto não conseguia um emprego e me ajeitava na vida. Tinha terminado um relacionamento no interior, estava com 33 anos e resolvi recomeçar longe de minha cidade.
Uns dois meses depois, eu arrumei um emprego como vigilante noturno de uma obra grandiosa, em construção. Trabalhava à noite, num esquema de 12/36. Passava as tardes em casa de boa, tomava uma cervejinha de vez em quando. Queria ter um tempinho para sossegar meu coração.
Lá no trabalho eu fiz amizade com o Júlio, um cara mais novo que eu, 28 anos, recém-chegado do nordeste, fortão, malhado e com um jeitão de cafajeste. Ele trabalhava como segurança no prédio ao lado de onde eu trabalhava e morava na casa dos tios.
Um dia ele me falou que estava querendo arranjar um cantinho para morar, mas estava tendo dificuldade de achar algo que pudesse pagar. Eu falei para ele que estava com os mesmos planos e chegamos à conclusão de que poderíamos dividir um lugar.
Alguns dias se passaram e minha irmã me falou que tinha desocupado uma casinha de dois quartos, no bairro, perto da casa onde a gente morava.
Na minha folga fui visitar a casa e gostei muito. Era pequena, bem arrumadinha, segura, pois a proprietária morava na casa da frente, e tinha mais duas casinhas como a que eu tinha acabado de verificar.
No outro dia o Júlio foi lá e também gostou do lugar. Minha irmã falou com a proprietária, que a conhecia do bairro e, assim, nós alugamos e resolvemos nos mudar.
O Júlio levou a cama de solteiro onde ele dormia, eu levei meu colchão e uma cômoda onde colocava minhas roupas, compramos fogão e geladeira e outras poucas coisas, pra dois homens solteiros, era o suficiente.
Combinamos que evitaríamos levar mulher para ficar em casa, para evitar constrangimentos para o parceiro. No máximo poderíamos marcar uma foda quando o outro estivesse no trampo.
Como falei, na casa da frente morava a proprietária, uma senhora viúva que vivia com o neto, um jovem rapaz, bonitinho, moreno claro com um cabelo preto, cortado bem redondinho, o que o deixava com cara de índio. Era na verdade um molecão, até no jeito de se portar.
Na segunda casinha morava um casal sem filhos, que passava o dia todo fora, trabalhando. Numa outra casinha, que era menor do que a nossa, morava um cara quarentão com jeito de invocado e bem lá no fundo ficava a nossa casa.
Nos mudamos e gostamos muito do novo lar, estávamos, enfim, acomodados e sem ter que incomodar nossos parentes.
Logo nos primeiros dias, quando ficava sozinho à tarde, eu observava o Diego, o neto da proprietária. Um moleque afetado, cheio de trejeitos, mimado demais. Acho que por morar com a avó, que o tratava com muitos mimos.
Algumas vezes, quando ela não estava em casa, ele chegava da escola à tarde com um coleguinha, ou outros jovens do bairro, se trancava em casa, dizia que estava jogando vídeo game, mas eu acho que ele estava era na putaria com os moleques, mas não era de minha conta.
Algumas vezes também o vi saindo da casa do Moisés, o cara que morava sozinho na casa menor.
Uma vez eu estava sentado na frente da casa, sem camisa, só de short e ele chegou da escola, vestiu um calção de malha bem pequeno, e foi em direção onde eu estava e ficou me olhando sem parar.
Era bonitinho o moleque! Corpinho roliço, coxas grossas, parecia uma menina, com uma bundinha bem redonda, mas aquele jeito dele me incomodava e logo eu me irritei um pouco.
— O que você tá olhando moleque? – Perguntei para ele, que me olhou meio sem graça e respondeu:
— Nada cara! Só olhando você. Não pode? – Ele perguntou com aquela vozinha meio afetada e um jeitinho atrevido.
— Pode sim, eu só acho estranho você ficar me encarando. Me achou bonito? - Eu perguntei meio debochado. Ele olhou com uma carinha de puta e sorriu, saindo sem responder nada.
Várias vezes a mesma cena se repetiu, ele me via sozinho e se aproximava com aquela carinha de sonso. Uma vez até entrou em casa e ficou me olhando e falando coisas aleatórias, enquanto eu lavava a louça.
Numa outra semana eu estava meio pra baixo, meio chateado, me sentindo sozinho. Coincidentemente o Júlio, meu amigo, também estava de folga e nós começamos a beber em casa, sempre tínhamos cerveja na geladeira.
Já estávamos até um pouco animadinhos, era meio da tarde e o Diego se aproximou e ficou puxando assunto, com aquele jeitinho de veadinho carente. Teve uma hora que ele se abaixou para amarrar o tênis e o short dele desceu um pouquinho, mostrando o cofrinho. Nessa hora eu vi os olhos do Júlio mirando a bundinha do moleque, acho que movido pela bebida. Pouco depois o moleque saiu e ele comentou comigo:
— Esse moleque é bem veadinho né? Às vezes eu estou sozinho aqui e ele fica com conversa mole. Acho que tá doido pra levar rola no cuzinho. Um dia ainda perco a cabeça e meto rola nele. – Eu fiquei com os olhos bem abertos, assustado, ouvindo meu amigo falar.
— Você tá maluco Júlio? Não se mete com isso não. Pode dar rolo. – Eu falei.
— Que rolo que nada, cara! Você viu a bundinha dele como é carnuda? E sempre vejo uns carinhas com ele, acho que tem uns moleques que comem ele quando a avó não está em casa. – Fiquei com as palavras do meu amigo na cabeça. Confesso que até fiquei um pouco excitado, afinal uma bundinha era sempre muito boa, ainda mais novinha. Devia ser o álcool e a solidão pensando por mim.
O Júlio disse que iria à padaria da rua de baixo dar uma volta e eu fiquei em casa, bebendo mais um pouco.
Estava muito quente, tirei minha roupa, ficando só de cueca boxer, fui para o meu colchão com minha latinha na mão. Estava ouvindo uma música de fossa no celular, quando ouvi a porta abrir de leve e uns passos leves entrando. Imaginei que fosse o Júlio voltando pra casa, quando de repente vi a cabeça do Diego na porta de meu quarto, me olhando com aquela carinha sonsa.
— O que você quer moleque? Tá olhando o quê? – Perguntei, vendo o olho grande dele na direção do meu pau na cueca.
— Estou sozinho em casa, minha avó foi para umas funções na igreja, então vim aqui ficar com vocês. Posso? – Ele disse isso sem tirar os olhos do meu pau, que estava ficando duro. Eu estava meio alterado pela cerveja e resolvi ser bonzinho.
— Pode sim moleque! Eu vou por um calção e a gente vai para a sala. – Respondi.
— Não precisa não cara! Pode ficar assim mesmo, eu sento aqui do lado. – Ele disse isso e, antes de eu responder, ele já foi sentando no colchão. Ergui o corpo e me encostei na parede, já sentia meu pau duro, marcando a cueca e tentei disfarçar, mas o moleque olhou pro meu pau, olhou pra minha cara e falou:
— Você tem um pauzão Raul! Muito grande cara! Nunca vi um pau deste tamanho. – Fiquei sem jeito com o comentário e falei rápido:
— Melhor você ir embora moleque. Essa conversa não é certa. Alguém pode achar errado. – Eu nem acabei de falar e senti a pequena mão dele apertando meu pau.
— Quem vai achar errado Raul? Só estamos nós dois aqui. - Ele disse apertando meu pau e eu dei uma gemida, gostando daquela mão quente em meu cacete.
— É grande e macio cara! Me deixa ver direito? – Ele disse me olhando com a boquinha meio aberta, quase salivando. Eu abaixei minha cueca e liberei meu pauzão que estava trincando de duro. Fazia muito tempo que eu não fodia, que ninguém dava um trato em meu caralho. Ele segurou meu pau e ficou olhando bem de perto.
— Já chupou um pau moleque? – Ele nada respondeu, apenas abriu a boquinha e começou a lamber a cabeça de meu pau, molhando bem e mamando com aquela boquinha pequena, quente e macia. Aquele veadinho estava acostumado a mamar um cacete. Depois de lamber bastante, ele começou a forçar na garganta, tentando engolir tudo, mas o pau ia só até a metade, mas mesmo assim era muito gostoso. Eu segurei sua cabecinha e comecei a socar meu pau em sua boca, fodendo como se fosse um cuzinho. Ele gemia e mamava, deitado no colchão, com a bundinha pra cima.
— Mama putinho! Chupa meu caralho! Engole tudo. – Eu dizia e metia meu pauzão naquela boquinha. Desci a minha mão por suas costas, logo cheguei a sua bundinha carnuda e comecei a passar o dedo em suas preguinhas, ele gemia e empinava a bundinha, se abrindo todo. Nessa altura eu já estava enlouquecido de tesão. Esvaziei a latinha ao lado e soquei o pau na boca do moleque, fazendo ele engasgar. Tentava afundar meu dedo no cuzinho dele, mas me pareceu muito apertadinho.
— Ai meu cuzinho! Vai machucar. Molha o dedo. – Ele disse isso e eu tirei meu dedo de seu cuzinho e molhei em minha boca, ao mesmo tempo o vi levar a mão à boca e passar cuspe no cuzinho. Logo afundei meu dedão em seu cuzinho, sentindo o calor daquele buraco apertado. Era como se eu o estivesse fodendo, enquanto ele me mamava. Ele engoliu meu pau quase todo e eu senti o gozo chegando, estava há muito tempo sem gozar.
— Mama veadinho! Vou gozar em tua boquinha! Vou te leitinho, moleque puto. – Eu segurei sua cabeça e afundei meu caralhão, que começou a jorrar leite quente.
— Engole tudo putinho! Não deixa cair nada! Bebe o leite do macho. – Eu falava sentindo meu pau pulsar naquela boquinha quente. Ele engoliu tudo, obedientemente.
— Caralho! Aqui tá bem mais animado do que na rua. Também quero! – Olhei assustado e vi o Júlio na porta, com o pauzão duro pra fora. O moleque também olhou na mesma direção e depois olhou pra minha cara.

Continua...


X-X-X-X-X-X-X-X

Se você chegou até aqui é porque gostou do conto. Vote e comente para eu saber se devo continuar.


Obrigado a todos!


Conto registrado no Escritório de Artes e protegido pela Lei 9.610 de 1998. Não pode ser reproduzido e nem divulgado sem autorização do autor. PLÁGIO É CRIME PASSÍVEL DE PENA.


Foto 1 do Conto erotico: VIGILANTE PAUZUDO COM O NETO DA VIZINHA

Foto 2 do Conto erotico: VIGILANTE PAUZUDO COM O NETO DA VIZINHA

Foto 3 do Conto erotico: VIGILANTE PAUZUDO COM O NETO DA VIZINHA


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Twitter Facebook

Comentários


foto perfil usuario paulohsilva83

paulohsilva83 Comentou em 16/05/2024

Delícia de conto. Sorte sua um vizinho assim.

foto perfil usuario luiz19cm

luiz19cm Comentou em 15/04/2024

Queria muito saber a continuação desse conto. Qual o nome da continuação?

foto perfil usuario maisaibida

maisaibida Comentou em 13/04/2024

Aposto tudo que o veadinho é pau pra toda obra... Onde passa uma vara passa duas.., três... quatro, votadssmo

foto perfil usuario chaozinho

chaozinho Comentou em 13/04/2024

Sacanagem Tito! Li na esperança de saber se rolou o fodão e tu não postou tudo!!!

foto perfil usuario aildison

aildison Comentou em 13/04/2024

Oh delícia de conto

foto perfil usuario pierre156156

pierre156156 Comentou em 11/04/2024

Muito bom o seu conto !!!

foto perfil usuario olavandre53

olavandre53 Comentou em 10/04/2024

Tô loko pra ler o resto. Votadíssimo.

foto perfil usuario

Comentou em 08/04/2024

Uma delicia, continua sim

foto perfil usuario ksn57

ksn57 Comentou em 08/04/2024

Votado ! Delicia de conto, Amigo Tito, agora há que vir o próximo, pois seu Amigo vai ter de saborear esse moleque também, não?

foto perfil usuario damiaogomes

damiaogomes Comentou em 07/04/2024

O conto perfeito quero vê a segunda parte quando os dois vigilantes vão meter no cuzinho do pequeno

foto perfil usuario p2brocador

p2brocador Comentou em 04/04/2024

Sempre bom rasgar uma passivinha novinha

foto perfil usuario engmen

engmen Comentou em 04/04/2024

A veia criativa está sempre pulsante e nos premiando com mais uma deliciosa saga com personagens excitantes. Que venham os próximos!

foto perfil usuario pmcurioso

pmcurioso Comentou em 04/04/2024

Sex. Votado.

foto perfil usuario red70

red70 Comentou em 03/04/2024

Delícia de conto. Como sempre cheio de detalhes e tesao. Parabéns Tito

foto perfil usuario

Comentou em 03/04/2024

Parabéns pelo conto. Poderia me dar dicas para eu escrever tão bem quanto você!!

foto perfil usuario ygorzs

ygorzs Comentou em 03/04/2024

Como sempre seus contos são excelentes, quero maís.. votado

foto perfil usuario machosafdocampinas

machosafdocampinas Comentou em 03/04/2024

Votado

foto perfil usuario morsolix

morsolix Comentou em 02/04/2024

Que delícia ler uma criação de Tito. Com as habituais características:Um maduro ativo e predador com um ninfeto faminto e sedutor.Esperando a segunda parte para saborear as brincadeiras

foto perfil usuario renner1960

renner1960 Comentou em 02/04/2024

Que delícia uma mamada dessas.




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


213475 - Minha Esposa Viajou E Eu Descabacei O Irmãozinho Dela - Categoria: Gays - Votos: 21
213202 - Levando O Filho Do Amigo Para Um Terreno Baldio - Categoria: Gays - Votos: 33
212802 - O Neto Da Vizinha E Os Machos Famintos - Parte 2 - Categoria: Gays - Votos: 35
211943 - Ex-Presidiário Caçando Um Novinho No Banheiro Do Parque - Categoria: Gays - Votos: 39
211664 - Betinho O Filho Da Minha Namorada - Categoria: Gays - Votos: 26
211368 - Meu Enteado Aguentou Tudo Bravamente - Categoria: Gays - Votos: 40
210958 - Meu Enteado Virou A Putinha Da Casa - O Filho de Minha Namorada - Parte Dois - Categoria: Gays - Votos: 34
209610 - Grande Surpresa Com O Filho Da Minha Namorada - Categoria: Gays - Votos: 56
209307 - Dois Negões Para Julinho, O Sobrinho Do Meu Amigo - Categoria: Gays - Votos: 31
208637 - GangBang No Julinho, Sobrinho de Meu Amigo - Categoria: Gays - Votos: 37
208044 - Julinho Enfrentando Dois Tios Dotados, Na Madrugada - Categoria: Gays - Votos: 28
207913 - Julinho, O Sobrinho Do Meu Amigo - Categoria: Gays - Votos: 35
207563 - UM NOVINHO PARA DOIS - DIVIDINDO O PUTINHO COM UM ESTRANHO - Categoria: Gays - Votos: 42
206192 - FORÇA BRUTA - DANDO PARA UM ESTRANHO. - Categoria: Gays - Votos: 42
206127 - ANJO CAÍDO - Categoria: Poesias/Poemas - Votos: 23
205631 - UMA FILA PARA ATENDER - LUKINHA - Categoria: Gays - Votos: 68
204944 - VISITANDO O APARTAMENTO VAZIO COM O CORRETOR - Categoria: Gays - Votos: 64
204415 - ENTEADO DE MEU IRMÃO - NOVINHO CHORANDO NO COLO - Categoria: Gays - Votos: 94
203359 - O MACHINHO DO APARTAMENTO EM FRENTE - CHUVA DOURADA - THALES O SEGURANÇA - Categoria: Gays - Votos: 61
202988 - MINEIRINHO CHORAMINGANDO! - ACONTECEU AGORA HÁ POUCO! PARADA GAY É SÓ ALEGRIA! - Categoria: Gays - Votos: 74
202459 - NO COLO DO PAIZINHO - LUKINHA --- 118 - Categoria: Gays - Votos: 75
201727 - CASADINHO HETERO EMBRIAGADO - Categoria: Gays - Votos: 88
200794 - DESTRUINDO O PUTINHO NO BANHEIRO INTERDITADO - THALES O SEGURANÇA - Categoria: Gays - Votos: 74
200333 - NOS FUNDOS DE UM BAR ESCURO - Categoria: Gays - Votos: 82
199773 - EU E MEU IRMÃOZINHO, UMA BOA DUPLA! - Categoria: Gays - Votos: 70
199486 - O IRMÃOZINHO CRESCEU - Categoria: Gays - Votos: 79
198942 - ENTRA LOGO NA VIATURA MOLEQUE!... ESTOU MANDANDO! - LUKINHA - Categoria: Gays - Votos: 82
198272 - NA SALA DOS SEGURANÇAS - Categoria: Gays - Votos: 52
197822 - EU E MEU AMIGO SEGURANÇA... UMA ENORME SURPRESA! - Categoria: Gays - Votos: 69
197381 - TITIO CHEGOU!!! - LUKINHA - Categoria: Gays - Votos: 79
196657 - DESCOBRINDO QUE O FILHO DA AMIGA CRESCEU - Categoria: Gays - Votos: 147
196310 - FILHO DO AMIGO - PUTINHO ME MANDOU O AMIGUINHO DE PRESENTE. - THALES O SEGURANÇA - Categoria: Gays - Votos: 67
195543 - O AMIGO DE MEU PAI, CHEFE DA SEGURANÇA - LUKINHA - Categoria: Gays - Votos: 82
194765 - REENCONTRANDO O PUTINHO NO BANHEIRO DO SHOPPING - Categoria: Gays - Votos: 55
194609 - DOCE PRISÃO - Categoria: Poesias/Poemas - Votos: 18
194164 - SEGURANÇA FAZENDO PLAYBOYZINHO GRITAR - THALES O SEGURANÇA - 103 - Categoria: Gays - Votos: 83
193435 - HETERO VIRGEM CHORANDO NA FESTA DA EMPRESA - Categoria: Gays - Votos: 101
192668 - ENFRENTANDO A FÚRIA DOS PEDREIROS - LUKINHA - Categoria: Gays - Votos: 81
191833 - O VAGABUNDO NAMORADO DE MINHA MÃE E SEU AMIGO GRANDÃO - FINAL - Categoria: Gays - Votos: 76
191815 - ALGUMA COISA ESTÁ ACONTECENDO - Categoria: Poesias/Poemas - Votos: 20
191054 - O VAGABUNDO NAMORADO DE MINHA MÃE - Categoria: Gays - Votos: 98
190294 - O SEGURANÇA PAUZUDO E O ENGRAVATADO - THALES O SEGURANÇA. - Categoria: Gays - Votos: 63
189717 - SOZINHO EM CASA COM OS PEDREIROS - LUKINHA - Categoria: Gays - Votos: 83
189267 - MEU DESABAFO - Categoria: Gays - Votos: 25
188729 - O AMIGO DE MEU SOBRINHO - PUTINHO SAFADO. - Categoria: Gays - Votos: 73
188385 - O BELO RAPAZ DE CALCINHA LISTRADA - HISTÓRIA DE UM DESEJO - Categoria: Gays - Votos: 37
187663 - LUKINHA SENDO LEVADO PARA O ABATEDOURO DO NEGÃO - Categoria: Gays - Votos: 74
187133 - DORMINDO NA CASA DE MEU PAI E TENDO UMA GRANDE SURPRESA NA MADRUGADA - LUKINHA - Categoria: Gays - Votos: 92
186791 - ENTRE GRITOS E GEMIDOS, FISIOTERAPEUTA SE ENTREGOU - Categoria: Gays - Votos: 67
186414 - ENTEADO DE MEU AMIGO - FISIOTERAPEUTA PUTINHO - Categoria: Gays - Votos: 68
185937 - O FILHO DO AMIGO - DIVIDINDO O PUTINHO COM OUTRO SEGURANÇA - Categoria: Gays - Votos: 78
185368 - ENFRENTANDO O PAUZÃO DO ENTREGADOR - LUKINHA - Categoria: Gays - Votos: 94
184787 - NA TOCA DO NEGÃO - NAMORADO DE MINHA TIA ME ARREBENTOU - Categoria: Gays - Votos: 71
184593 - BROTHERAGEM COM O CASADINHO GOSTOSO - VIRGEM E TÍMIDO - Categoria: Gays - Votos: 58
184172 - MACHINHO ARREGAÇADO PELO CHEFÃO E SEUS AMIGOS - Categoria: Gays - Votos: 83
183893 - REENCONTRANDO O VIZINHO CAVALO - - - 83 - Categoria: Gays - Votos: 61
183690 - DP NO BOYZINHO - ARROMBADO PELOS MARGINAIS - Categoria: Gays - Votos: 57
183458 - DOIS DELINQUENTES ARROMBANDO O BOYZINHO - Categoria: Gays - Votos: 73
182943 - ESTOURANDO O CABACINHO NA BROTHERAGEM - INICIANDO O AMIGO VIRGEM DE MEU IRMÃO. - Categoria: Gays - Votos: 86
182745 - BROTHERAGEM COM O AMIGO DO MEU IRMÃO - INICIANDO O PUTINHO VIRGEM. - Categoria: Gays - Votos: 125
182353 - O FILHO DO AMIGO - RASGANDO O PUTINHO. - Categoria: Gays - Votos: 106
181979 - NOVINHO PUTO CAINDO NAS MÃOS DOS SEGURANÇAS - Categoria: Gays - Votos: 62
181596 - ENFRENTANDO A FÚRIA DO PADRASTO - LUKINHA - Categoria: Gays - Votos: 94
181214 - ARREGAÇADO PELO CARA DO RAIO X - LUKINHA DE VOLTA AO HOSPITAL - Categoria: Gays - Votos: 49
180789 - UMA DURA LIÇÃO 2 - PAGANDO A DÍVIDA COM VIZINHO CAVALO E TENDO UMA ENORME SURPRESA - Categoria: Gays - Votos: 82
180456 - UMA DURA LIÇÃO... VIZINHO CAVALO NÃO PERDOOU! - Categoria: Gays - Votos: 112
179929 - O NEGÃO NAMORADO DE MINHA TIA - Categoria: Gays - Votos: 105
178992 - UM GRITO DE DOR E VÁRIOS GEMIDOS DE PRAZER - Categoria: Gays - Votos: 72
178283 - LUKINHA - O MÉDICO ME EXAMINOU PROFUNDAMENTE - PARTE 2 FINAL. - Categoria: Gays - Votos: 88
178191 - LUKINHA - O MÉDICO ME EXAMINOU PROFUNDAMENTE - Categoria: Gays - Votos: 97
177953 - PAPAI NÃO ME DÁ SOSSEGO - Categoria: Heterosexual - Votos: 39
177663 - ESTOU AQUI - Categoria: Poesias/Poemas - Votos: 13
177207 - GEMENDO E CHORANDO - LEITOR PUTINHO GANHANDO O QUE PEDIU - FOTOS REAIS - Categoria: Gays - Votos: 60
176683 - MEU PADRASTO ME PEGOU DE SURPRESA - LUKINHA - Categoria: Gays - Votos: 78
176266 - GANGBANG NO MOLECÃO DOURADO... ARROMBANDO O RABO DO PUTINHO! - Categoria: Gays - Votos: 51
175854 - ARROMBADO PELO AMIGO DO MEU PADRASTO E O PORTEIRO - CHORANDO MUITO NA ROLA GRANDE - LUKINHA - Categoria: Gays - Votos: 96
175410 - A ONDA LEVE QUE A CHUVA TRAZ --- 62 - Categoria: Gays - Votos: 43
174907 - FUI VISITAR MEU PAI E VOLTEI COM O CUZINHO ARROMBADO - - - - Categoria: Gays - Votos: 76
174176 - SOBRINHO DA MINHA MULHER - RASGANDO AS PREGAS DO MACHINHO - Categoria: Gays - Votos: 124
173908 - CORDEL AVIADADO - A HISTÓRIA DE UM ARROMBAMENTO - Categoria: Gays - Votos: 26
173381 - DOIS HOMENS COM TESÃO NA NOITE VAZIA - Categoria: Gays - Votos: 44
172801 - TITIO CAVALÃO DETONOU O MEU RABINHO - Categoria: Gays - Votos: 103
172486 - RABÃO DE MACHO ARROMBADO NO BAR - Categoria: Gays - Votos: 67
172260 - É QUASE UMA SAUDADE! - Categoria: Poesias/Poemas - Votos: 14
172217 - MADRUGADA QUENTE NO BAIXO AUGUSTA - BLUE JEANS - REEDITADO - Categoria: Gays - Votos: 55
171720 - MOLEQUE VIRGEM CHORANDO, GRITANDO E PEDINDO MAIS - 53 - Categoria: Gays - Votos: 104
171396 - ACORDANDO ASSUSTADO COM MEU PADRASTO EM CIMA DE MIM - Categoria: Gays - Votos: 88
170797 - O ARROMBAMENTO CONTINUA NO SOFÁ. MEU PADRASTO E AMIGO ME DETONARAM. - Categoria: Gays - Votos: 92
170666 - PANDEMIA!!! - CANÇÃO DOS SEPARADOS... - Categoria: Poesias/Poemas - Votos: 10
170397 - CHUVAS DE VERÃO - Categoria: Poesias/Poemas - Votos: 11
170383 - MEU PADRASTO ARMOU COM UM AMIGO E ARROMBARAM MEU CUZINHO - Categoria: Gays - Votos: 138
169720 - NOVINHO SAFADO ARROMBADO POR DOIS POLICIAIS NA AVENIDA - Categoria: Gays - Votos: 73
169624 - A ALMA NÃO SE REFLETE NO ESPELHO!!! ---46 - Categoria: Poesias/Poemas - Votos: 17
168771 - ESTOURANDO ATOR PUTINHO NO CLUBE DE SEXO - Categoria: Gays - Votos: 95
168383 - HOJE É TUDO O QUE TENHO! - Categoria: Poesias/Poemas - Votos: 11
168105 - DICAS PARA ESCREVER UM BOM TEXTO, CONTO OU POESIA - Categoria: Fantasias - Votos: 30
167922 - ARRISQUE-SE - Categoria: Poesias/Poemas - Votos: 11
167608 - O IRMÃO DO MEU PADRASTO ARREBENTOU MEU CABACINHO - Categoria: Gays - Votos: 115
167536 - MÚLTIPLO DE MIM - Categoria: Poesias/Poemas - Votos: 10
167301 - BANHEIRÃO DO SHOPPING EM PLENO FERIADÃO - - - TITO - Categoria: Gays - Votos: 42
167108 - PALAVRA RIMADA - AS CURVAS DE TUA BUNDA - Categoria: Poesias/Poemas - Votos: 12
166805 - MESMO QUE EU PEÇA PRA PARAR NÃO PAREM!!! CUZINHO ARROMBADO PELOS MACHOS. - Categoria: Gays - Votos: 75
166620 - PRIMEIROS DIAS - Categoria: Poesias/Poemas - Votos: 8
166124 - QUANDO O OUTONO CHEGAR - Categoria: Gays - Votos: 34
166097 - Gozo - Categoria: Poesias/Poemas - Votos: 10
165289 - RABÃO JUVENIL ARREBENTADO PELO TIO E O AMIGO - Categoria: Gays - Votos: 131
164852 - DE REPENTE TE VI CHEGAR - Categoria: Poesias/Poemas - Votos: 13
164509 - UMA DP PARA NÃO ESQUECER - Categoria: Gays - Votos: 46
164020 - EM CHAMAS - Categoria: Poesias/Poemas - Votos: 9
163699 - FODA QUENTE COM OS DOIS IRMÃOS - - - CONTINUAÇÃO DO CONTO CUNHADINHO SAFADO - - - TITO - Categoria: Gays - Votos: 43
163394 - ENTRE LENÇÓIS E DESEJOS - - - TITO - Categoria: Poesias/Poemas - Votos: 13
163268 - CUNHADINHO SAFADO CHORANDO NA PICA - - - TITO - Categoria: Gays - Votos: 79
163112 - ERA SÓ DIZER QUE NÃO!!! - Categoria: Poesias/Poemas - Votos: 9
162858 - AS ESTAÇÕES DO AMOR - Categoria: Poesias/Poemas - Votos: 12
161484 - EU E VOCÊ - - - TITO - Categoria: Poesias/Poemas - Votos: 14
161206 - O ARTESÃO - - - TITO - Categoria: Gays - Votos: 26
161112 - A ENTEADA SAFADINHA ATACA NOVAMENTE - - - TITO - Categoria: Incesto - Votos: 29
161037 - DE TODAS AS MANEIRAS - Categoria: Poesias/Poemas - Votos: 14
160861 - FILA PARA FODER O MOLEQUE - - - TITO - Categoria: Gays - Votos: 69
160666 - PODE ENTRAR - Categoria: Poesias/Poemas - Votos: 18
160466 - O LEITOR CURIOSO E O PUTINHO DA PADARIA --- TITO - Categoria: Gays - Votos: 32
160305 - A JANELA DO PRAZER - Categoria: Poesias/Poemas - Votos: 17
160172 - O SOBRINHO SAFADO --- TITO - Categoria: Gays - Votos: 53
160150 - O CORNO OBEDIENTE - - - TITO - Categoria: Traição/Corno - Votos: 38
159977 - O TELEFONE NÃO VAI TOCAR --- TITO - Categoria: Poesias/Poemas - Votos: 16
159787 - A VINGANÇA DO MOLEQUINHO TRAÍDO --- TITO - Categoria: Gays - Votos: 52
159539 - AINDA PENSO EM VOCÊ --- TITO - Categoria: Poesias/Poemas - Votos: 31
159356 - BOYZINHO PUTO APANHANDO PRA APRENDER --- TITO - Categoria: Gays - Votos: 47
158983 - METENDO ROLA NO MOLEQUE VIRGEM ---TITO - Categoria: Gays - Votos: 93
158564 - MEDO DE AMAR! --- TITO - Categoria: Gays - Votos: 30
158077 - CURANDO A RESSACA NO RABO DO FUNCIONÁRIO DA SAUNA --- TITO - Categoria: Gays - Votos: 55
157768 - O MENINO DA PADARIA --- TITO - Categoria: Gays - Votos: 65
157433 - TITO -- A SAFADINHA!!! DANDO UMA LIÇÃO NA FILHA DA NAMORADA - Categoria: Heterosexual - Votos: 45
157201 - TITO - AMOR PROFANO - Categoria: Gays - Votos: 44
156790 - BOLO DE FUBÁ E MUITA PUTARIA - Categoria: Gays - Votos: 42
156370 - O PUTINHO DO SHOPPING - Categoria: Gays - Votos: 71
155993 - RELEMBRANDO O PASSADO - Categoria: Gays - Votos: 67
155366 - O BAILARINO - Categoria: Gays - Votos: 132

Ficha do conto

Foto Perfil titoprocura
titoprocura

Nome do conto:
VIGILANTE PAUZUDO COM O NETO DA VIZINHA

Codigo do conto:
212320

Categoria:
Gays

Data da Publicação:
02/04/2024

Quant.de Votos:
58

Quant.de Fotos:
3